7 REAIS Benefícios do Chocolate e do Cacau em Pó

 

É difícil achar quem não goste de chocolate. O chocolate é considerado um dos três alimentos mais viciantes que existem, ao lado da pizza e da batata frita.

 

 

Há algum tempo já vem se falando dos benefícios do chocolate, mas não se sabia ao certo quais eram esses eles. Cada vez mais são encontrados estudos buscando esses benefícios.

A seguir, vou mostrar os principais estudos que apontam os reais benefícios do chocolate. Você vai descobrir também qual é o chocolate mais saudável e mais indicado.

Nesse artigo você vai ver:

7 Benefícios REAIS do Chocolate (e do Cacau em Pó):

 

#1. Chocolate amargo é muito nutritivo

 

#2. Chocolate amargo é uma ótima fonte de antioxidantes

 

#3. Chocolate amargo pode diminuir a pressão sanguínea

 

#4. Chocolate amargo pode diminuir o risco de derrame e de aterosclerose

 

#5. Chocolate amargo aumenta o colesterol bom (HDL) e ainda protege o LDL contra oxidação

 

#6. Chocolate amargo pode proteger sua pele do sol

 

#7. Chocolate amargo pode melhorar o funcionamento do seu cérebro

 

Receitas saudáveis com chocolate ou cacau em pó

Receitas Para Secar em 30 Dias 

 

Agora você vai descobrir quais são os reais benefícios do chocolate e do cacau em pó que além de deliciosos também podem fazer bem a sua saúde. Para isso você só precisa aprender qual tipo de chocolate comer.

Muitas vezes é melhor comer um chocolate do que algumas barras de cereal.

Vamos aos benefícios e suas comprovações científicas e explicações:

#7 Benefícios REAIS do Chocolate (e do Cacau em Pó)

Benefícios do chocolate e cacau em pó

#1. Chocolate amargo é muito nutritivo

O chocolate pode ser muito nutritivo e benéfico para sua saúde. Para isso, ele precisa ser amargo e com uma grande quantidade de cacau (no mínimo 60% de cacau), que é muito bom para a saúde.

Além do cacau, o chocolate amargo tem minerais e fibras solúveis.

Uma barra de 100 gramas de chocolate amargo com 70-85% de cacau é formada por:

11g de fibra

67% da recomendação diária (RDA) de ferro

58% da RDA de magnésio

89% da RDA de cobre

98% da RDA de manganês

Potássio, fósforo, zinco e selênio em menores quantidades

 

Todas essas nutrientes formam aproximadamente 600 calorias e uma quantidade moderada de açúcar. Por esse motivo, o chocolate amargo deve ser consumido de forma moderada, principalmente se você quer emagrecer.

As gorduras encontradas no chocolate são saturadas e monoinsaturadas com uma pequena quantidade de gorduras poli-insaturadas.

Também tem uma pequena quantidade de cafeína. Porém, essa cafeína não é suficiente para te deixar acordado por mais tempo assim como o café pode fazer.

#2. Chocolate amargo é uma ótima fonte de antioxidantes

Os grãos de cacau é um dos alimentos com maior capacidade antioxidante.

 

O chocolate amargo contém compostos orgânicos que são biologicamente ativos e funcionam como antioxidantes. Incluindo os polifenóis, catequina e principalmente os flavonoides.

Estudo (3) mostra que o cacau é mais antioxidante (polifenóis e flavonoides) do que outras frutas como mirtilo (blueberrie) e açaí.

#3. Chocolate amargo pode diminuir a pressão sanguínea

Existem vários estudos que mostram que o cacau e o chocolate amargo podem diminuir a pressão sanguínea e melhorar a passagem do sangue (4, 5 ,6). Porém, os efeitos analisados nesses estudos são leves.

Além desses, um outro estudo (7) aponta que os consumidores de chocolate têm 11% menos chance de sofrer doença cardiovascular.

#4. Chocolate amargo pode diminuir o risco de derrame e de aterosclerose

Também foram encontrados outros benefícios do chocolate para o coração.

O estudo (8) da “American Chemical Society” mostra que algumas bactérias do estômago devoram o chocolate e fermentam ele transformando-o em compostos anti-inflamatórios que são ótimos para o coração.

O Ph.D John Finley que liderou a pesquisa, disse:

Quando esses compostos são absorvidos pelo corpo, eles diminuem a inflamação dos tecidos cardiovasculares, reduzindo o risco de derrame a longo prazo.

Ele disse também que esse estudo é o primeiro que analisa os efeitos do chocolate nas bactérias do estômago.

Já o estudo (9) publicado no FASEB Journal, mostra que o consumo de chocolate amargo pode ajudar a restaurar a flexibilidade das artérias e ainda previne que os glóbulos brancos se prendam as paredes dos vasos sanguíneos. Esses dois fatores estão diretamente ligados a aterosclerose, que é uma doença que pode ser fatal.

#5. Chocolate amargo aumenta o colesterol bom (HDL) e ainda protege o LDL contra oxidação

O chocolate amargo é muito bom em evitar doenças cardiovasculares como já vimos.

Outro benefício do cacau encontrado em estudos foi a proteção contra a oxidação do LDL em homens (10).

Você deve estar se perguntando: O que a oxidação do LDL pode fazer? Quais são os riscos que ela pode causar?

Colesterol ruim (LDL) oxidado é o LDL que reagiu com radicais livres, tornando as partículas de LDL reativas e capazes de gerar danos nos tecidos. Por isso essa oxidação deve ser evitada.

Outro benefício do cacau é o aumento do colesterol bom (HDL) e diminuição do LDL em homens com colesterol elevado.

#6. Chocolate amargo pode proteger sua pele do sol

Os compostos bioativos do chocolate amargo podem ser benéficos para sua pele.

Os flavonoides presentes no cacau podem auxiliar na hidratação e densidade da pele . Protegendo-a também contra os males dos raios solares.

 

#7. Chocolate amargo pode melhorar o funcionamento do seu cérebro

Além de todos os benefícios já citados, o chocolate amargo ainda pode auxiliar suas funções cerebrais.

O consumo de chocolate amargo pode nos deixar mais ligados, melhorando nossa atenção.  Isso é o que mostra o estudo de uma universidade americana no Arizona.

Esse estudo explica a recomendação de comer chocolate antes ou durante provas longas assim como o ENEM, concursos públicos ou provas de vestibular.

Porém, fique atento, esses benefícios só são possíveis graças ao cacau presente no chocolate amargo ou no mínimo 60% cacau. O chocolate ao leite não tem essa propriedade, já que ele quase não tem cacau.

Outro estudo (14) aponta que alguns ingredientes do chocolate podem melhorar a performance do cérebro em algumas atividades específicas e até deixar a pessoa mais alerta por um curto período de tempo.

Esse estudo também sugere que os flavonoides (do cacau) encontrados no chocolate auxiliam as funções cerebrais de pessoas que sofrem com a fadiga, privação de sono e até efeitos do envelhecimento.

Porém, esses flavonoides utilizados na pesquisa não são comercializados. Eles foram feitos para ser usado na pesquisa. Foi criado um cacau com grande quantidade de flavonoides.

Por isso, cuidado na hora de ler sobre uma pesquisa. Leia pelo menos o resumo completo para entender exatamente do que se trata e não se enganar.

Receitas saudáveis com chocolate ou cacau em pó

Receitas com chocolate e cacau

Esse artigo te deixou com água na boca? Então aproveite e aprenda algumas receitas saudáveis com chocolate. Tem bolo, pavê, calda de chocolate.

Brigadeirão de microondas

 

Pavê de chocolate

Bolo de cenoura com calda de chocolate meio amargo

Bolo de chocolate de caneca

Bolo de chocolate

CONCLUINDO…

Benefícios do chocolate e cacau em pó

Esse foi mais um artigo da categoria “raio-x” onde você aprende um pouco mais sobre algum alimento.

O que é importante entender nesse artigo é que o chocolate tem inúmeros benefícios comprovados. Porém, você precisa saber escolher o chocolate que vai comer.

Evite o chocolate ao leite e prefira o cacau em pó ou o chocolate amargo (no mínimo 60% de cacau). O chocolate e principalmente o cacau em pó podem ajudar a melhorar sua atenção e funcionamento do seu cérebro. Além de evitar doenças cardiovasculares.

É recomendável comer chocolate amargo a tarde para te deixar mais ligado e melhorar sua atenção. Para estudantes, recomenda-se comer chocolate antes de fazer provas longas.

Se você quer emagrecer, tome cuidado com a quantidade de chocolate. Mesmo o amargo, ainda contém gordura e por isso pode ter grande quantidade de calorias.

Pode comer chocolate sem preocupação. Desde que seja chocolate amargo ou cacau em pó.

Dica: ao comprar uma barra grande de chocolate, divida-a em pedaços menores e embrulhe cada pedaço separadamente. Isso vai fazer com que você coma menos.